Pseudo

tumblr_nq7zuaBw3A1smapx8o1_500

Ultimamente tudo tem me entediado. Tudo caiu na rotina. Não vejo mais graça em assistir filmes, os livros estão sempre com a mesma história, meus amigos fazendo as mesmas piadas. Estou vestindo as mesmas roupas pretas todos os dias, o mesmo delineador, os mesmos sonhos frustrados, a mesma risada forçada. Não tenho mais tanta vontade de escrever no meu próprio blog, até esse texto, está parecendo com todos os outros dez mil que escrevi semana passada.

As cores de esmaltes estão sem vida, o azul do céu não está mais tão azul, o calor já não faz minha pele soar. Os pássaros estão desafinados, as orquestras estão sem som. Minhas tatuagens estão parecendo rabiscos que fiz no jardim de infância, as palavras de meus escritores preferidos já não me fazem arrepiar mais, os contos de mistérios de Stephen King já não estão me deixando tão curiosa. Os sorvetes com ovomaltine já não estão tão doces, os batuques no violão do Ed Sheeran já não estão tão magníficos.

Odeio toda essa rotina. Odeio ter que acordar cedo todos os dias, e olhar na cara das mesmas pessoas que me dizem “Bom dia” como se fosse por obrigação, e não por desejar que eu tenha um bom dia. Eu simplesmente estou cansada disso tudo, cansada de ter que fingir para mim mesma que está tudo bem, que eu não ligo para nada e para ninguém, quando, na verdade, eu me importo com tudo, com cada detalhe. Minto para mim mesma todos os dias.

Minto dizendo que acredito que tudo isso vai mudar, minto dizendo que se não mudar eu não vou me importar, minto para os meus amigos toda vez que me perguntam se está tudo bem, porque, vamos admitir, ninguém quer escutar um “Não, eu não estou bem, senta ai que vou desabafar”. Tantas mentiras diárias, que meu cérebro passou a acreditar nisso, criou uma verdade paralela, tão distante da realidade.

Gostaria que esse texto falasse com alguém, que ele fosse significativo, que inspirasse alguém. Entretanto, é apenas mais um texto que não fala sobre nada, só um monte de palavras que fazem sentido as 04:02 da madrugada de uma quarta feira. Logo mais, quando eu acordar, isso não fará mais sentido, acharei outras coisas para dizer que estão sem graça, outras mentiras virão, e a rotina eterna continuará. Esses são os pensamentos de uma pseudo escritora durante uma madrugada de insônia.

Advertisements

3 thoughts on “Pseudo

  1. cátia says:

    Você está me parecendo muito triste! Mas certamente você e uma menina cheia de vida e muito alegre, não à conheço mais tenha fé, seja qual for o seu problema tenha fé.. tudo passa nada nessa vida e para sempre, você e bem nova e ainda vai passar pro vária turbulências, mas guerreira e forte como você e vai superar todas.. me desculpa mais senti necessidades de falar com você, espero de coração que melhores…

    • zombiefashionsociety says:

      Acho que todos possuem problemas, não acredito muito que alguém consiga ser 100% feliz hahah Mas, tenho fé que as coisas melhorem algum dia! Muito obrigada por se preocupar, sério mesmo, muitas pessoas próximas de mim nem perguntam pelo menos Rs Beijos anjo!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s