Virgem X Sagitário

afb194f5e7bff170d8d3f7aebb81adf4

“Os opostos se atraem” isso ecoava na minha cabeça toda vez que eu pensava em você. Eu nunca acreditei nisso, ou pelo menos não queria. Seria tão mais fácil ficar com alguém que fosse rir das mesmas piadas sem graças e que escutasse as mesmas músicas que eu gostava quando acordava cedo. O ruim foi que você descobriu isso, Duda, você ficou tão focada em me querer para o sempre, que esqueceu do agora.

Você sempre usava batom vermelho, eu mal passava rímel. Você amava filmes de romance e eu amava filmes de terror. Parecíamos esses casais genéricos de seriados de comédias, a diferença é que no fim eles ficavam juntos. Você não queria aceitar que eu não acreditava nos opostos. Assistiu meus filmes preferidos, ou pelo menos Star Wars – Uma Nova Esperança, que você dormiu antes de resgatarem a Princesa Leia, mas honestamente, eu não estava me importando com isso.

Eu não queria que você mudasse em nada. Entretanto, você foi mudando, pouco a pouco. Sua essência foi embora junta. Eu não queria que você mentisse falando que sempre quis adotar, só porque eu não quero ter filhos. Também não queria que você falasse que não se importava com casamento, quando na verdade, seu sonho era casar com uma festa gigante para chamar toda a família e os amigos de infância.

No fundo, eu amava teu jeito de separar o domingo para almoço em família, aquela coisa de todo mundo na piscina comendo a comida feita pela sua avó. Você sonhava em crescer, ter sua própria família, morar na mesma cidade pequena com todos os conhecidos e um trabalho confortável. Eu não queria que você tomasse meus desejos para você. Eu quero viajar e quero morar em mil e um lugares diferentes, eu sabia que essa não era você.

Eu ficava incomodada de te ver se esforçando tanto. Você era tão organizada, com a vida inteira planejada e estava se perdendo no meio da minha bagunça. Era aquilo, você de Virgem e eu de Sagitário. Uma coisa que sempre odiou e não tentava esconder era minha mania de astrologia, acho que foi por isso que comecei a ler mais sobre signos. Eu não queria ter falado tchau tão rápido para você, mas algumas vezes, estamos só de passagem em algumas vidas.

Texto de Gioh 

Ilustração: Nath Araújo

Advertisements

Pequeno?

Sempre que escuto alguém falando “Esse mundo é pequeno”, como minha vó me disse inúmeras vezes quando encontrava alguma amiga de infância no mercado. Eu nunca entendia realmente essa frase. O mundo não é pequeno, nem um pouco pequeno. Talvez o bairro seja pequeno, ou até a cidade, mas o mundo? Acho que minha vó falava por ser o mundo que ela conhecia, as pessoas falam isso pelo seu próprio conhecimento de universo. Esse é o problema, quando falamos isso, perdemos a dimensão da diversidade.

É bizarro como sempre damos como conhecimento completo o que vivemos e passamos, muitas vezes esquecemos da variedade que ainda existe. Algo que sempre me assustou é que apenas 5% do oceano foi explorado, ainda existe 95% do mar com os seres mais estranhos e incríveis para serem descobertos. Por isso, eu nunca descartei o fato de sereias existirem e ninguém pode me provar o contrário.

Quando vou num lugar alto, no topo de uma trilha, eu sempre guardo alguns minutos apenas para olhar para frente, ver até onde eu consigo enxergar. Assim, pelo menos na minha cabeça, meu conhecimento de mundo aumenta. Nessas horas que me sinto tão pequena. Sabe, aquele sentimento “se eu morresse, não faria diferença”. Não acho isso um sentimento ruim, nem estou falando desses dramas que ninguém sentiria minha falta. Falo no sentido geral, o planeta Terra continuaria a girar em volta do Sol, as ondas continuariam batendo na areia da praia.

Esses momentos que me deixam fascinada pelo mundo. A complexidade e detalhes das coisas me fascinam. Cada centímetro é único e diferente em sua maneira. A essência de cada canto do planeta é diferente, é inovadora. Perceber como que o Universo é independente, e que, nós, seres humanos, apenas pegamos emprestado uma área para sobreviver. Bem provável que seria melhor para o planeta, caso não habitássemos aqui. Todos os animais, fungos e bactérias iriam seguir em paz com suas vidas.

São mais de 12.713,5032 km de diâmetro da Terra, 8 milhões de espécies de seres vivos e 6 bilhões de pessoas. Centenas de religiões, cultura e costumes dos mais variados possíveis, bilhões de luzes sendo apagadas nas noites por diferentes pessoas. Não pode existir um padrão numa situação dessa. Isso porque não entrei no assunto do tamanho do Universo, talvez daria um livro só falando sobre isso. Então, desculpa discordar com a senhora, mas não vó, o mundo não é pequeno. A sua concepção de mundo é que é pequena.

Quem eu sou?

Asian monk lighting incense in temple

Recentemente, perguntaram-me “Quem você é? ”. Quando ouvi, pensei que essa era a pergunta mais idiota do mundo, como assim quem eu sou? Eu sou eu, não? Não tem muito o que pensar, já que sou eu mesma desde que nasci. Então, parei alguns dias para refletir sobre isso. Essa é a pergunta que respondia desde a velha época do Orkut. A mesma que perguntam em entrevistas de emprego, talvez por isso ninguém tenha me contratado ainda. Eu não eu quem eu sou.

No fundo, eu não conheço os meus próprios detalhes e auras. Eu, em constante mudança, não consigo nem decidir qual minha cor preferida. Não sei a diferença da minha risada entre uma piada boa e uma ruim. Não sei o tom da minha pele quando o sol da manhã reflete no meu rosto. Não sei o cheiro que o xampu deixa no meu cabelo, como também não sei o modo que ando dentro de uma sala de aula.

Eu não sei ao certo o que quero fazer na minha vida. Se quero escrever, atuar, cantar, dançar, correr ou até pular de um precipício. Não sei para o que fui designada a fazer nessa vida. Ou se na minha última reencarnação eu tenha apenas escolhido não fazer nada nessa de agora. Talvez tenha tirado essa vida de folga, ou talvez eu tenha um milhão de coisas para fazer e ainda não descobri o que são.

Nunca gostei de me limitar a pequenas coisas e rótulos. Não gosto de dar nomes a nenhuma ação na minha vida. São apenas ações. O mundo é tão grande para eu querer ter certeza de algo. Sempre me deixei livre para pensar o que quisesse, e se por acaso, amanhã passasse a pensar o oposto, tudo bem. Uma das frases que sempre achei incríveis na filosofia é o famoso “Só sei que nada sei” de Sócrates. Pois, eu realmente não sei de nada.

Não sei quem eu sou, posso afirmar isso. Não sei se amanhã vou acordar querer mudar de faculdade. Ou passar apenas a assistir filmes em preto e branco, ou deixar de ser vegetariana. Porque eu não tinha certeza quando tinha 15 anos, também não tenho certeza agora e sei que não vou ter aos 25 anos. Acho que essa é a graça da vida, ter prazer na incerteza. Esperar o inesperado a cada dia. Impedir que tudo caia numa mesma rotina que mais de 2 bilhões de pessoas acompanham.

Quem sabe um dia eu descubra quem eu sou numa meditação profunda em algum templo na Índia. Ou alguém me conte quem eu sou sentada num bar de esquina com cerveja barata. Ou eu receba uma carta anônima em outro idioma desconhecido pelo google tradutor e leve 5 anos para desvendar o tal mistério. Até lá, eu não quero ter certeza de nada. Porque é essa incerteza que move o mundo.

-gioh

Met Gala 2017

O Met Gala desse ano, baile anual com o objetivo de arrecadar fundos para o setor de moda e design do Metropolitan Museum of Art, homenageou Rei Kawakuba. A diretora criativa da Comme des Garcom foi a primeira homenageada viva pelo evento, desde Yves Saint Lauren em 1983. Marcada por silhuetas com volumes exagerados e grande extravagância, a noite trouxe looks marcantes.

Rihanna foi a única a usar um modelo da estilista homenageada! Ganhou como mais bem vestida e Riri nunca foge de um desafio da moda. Pisa mais ainda, Rihanna!

ALGUÉM FAZ UM QUADRO DA ZENDAYA GIGANTE PARA EU COLOCAR NO MEU QUARTO E TODO MUNDO PODER ADMIRAR ESSA OBRA DE ARTE? Zendaya é linda, usou uma maquiagem que ressaltou cada detalhe de sua beleza e gente, esse vestido da Dolce & Gabbana…

Se eu pudesse ser outra pessoa nesse mundão, eu ia querer ser Kendall Jenner. Gente, olha o guarda-roupa da menina!!!! Ousadíssima no decote e transparência de um La Perla. Maquiagem ela optou pelo clássico, que é impossível de errar, batom vermelho.

AAAAAA Esse look da Gigi Hadid! A mistura do estruturado com o fluído ficou incrível da Tommy Hilfiger, a trend meia arrastão ficou super inovadora num look de gala e essa maquiagem com olho marcadão gatinho!

A modelo Stella Maxwell chamou atenção pelo modelo delicado e cheio de tiras da H&M. Muitas pessoas ficaram apaixonados pelo vestido e sou uma delas.

Selena Gomez mostrou estar bem apaixonada pelo The Weekend (pra mim o nome dele é esse mesmo). Ousou na maquiagem com uma sombra rosa pink bem marcante e o vestido gracinha da Coach feito sobre medida…

O que podemos falar de Cara Delevingne que está maravilhosa com o cabelo raspado e uma tinta com strass? O destaque vai totalmente para o novo visual, que pintou de prata para combinar com seu terno brilhante da Chanel. Cara, eu te venero! GENTE, ELA TÁ MUITO NEBULOSA DE GUARDIÕES DA GALÁXIA, só que prata e não azul.

AAAAAA Bella Hadid é tão lindinha! Continuando nas calças no red carpet, Bella usou um macacão com abertura nas costas by Alexander Wang

Gisele Bundchem pisou sendo co-anfitriã do evento e chegando divina com um minimalista da Stella McCartney, feito de seda orgânica. Mostra pra todo mundo que o Brasil é maravilhoso mesmo!

Eu juro que não aguento mais Kylie Jenner como mesmo estilo de vestido em todo red carpet!!!!!!!! Blake Lively estava poderosíssima com um vestido de corrente dourado e plumas azuis. Brie Larson estava com saia e blusa da Chanel, apostando no mix de texturas, linda! Adriana Lima apostou no preto básico com fenda, sem erro. As gêmeas Olsen marcando com seus estilos bohos que sempre dividem as críticas. Lily Collins bem amorzinho com um vestido princesa da Giambattista Valli e com essa peruca, que eu fiquei “pra quê?”, mas continua linda. A anfitriã Katy Perry com um modelo customizado da grife Maison Margiela.

O que acharam dos looks desse ano?? Qual foi seu favorito?

 

Inspired: Bruna Marquezine

O pisão que é Bruna Marquezine, ninguém pode negar. Uma das melhores atrizes dessa geração possui um estilo clássico e bem feminino impecável. Há um tempinho, eu vinha amando os looks dela, porém, depois do Ladynight, de sua amiga Tatá Werneck, eu não consegui esperar mais! Todos acompanharam seu crescimento na televisão, sempre foi uma atriz incrível, por isso tendo grandes destaques.

Jeans – Manas do céu!!!! Essa menina faz o jeans ter uma renovação tão incrível e ficar chique com JEANS! Primeiro, um look mais descolado com jeans destroyed (esse rasgo na parte de trás é trend certeiro) e meia arrastão. Segundo, um look all jeans, que é bem hypado por diversos estilistas. Terceiro, o look que me fez ficar apaixonada pelo estilo da atriz, a blusa transparente com bralette de rendinha branco e o jeans ❤

Saia – Saia de couro é um coringa que todos precisam ter, é ótimo para o dia a dia e até aquele barzinho/balada/festa. Saia longa com fenda é a descrição para um look mais sexy, as cores e o tênis branco quebram um pouco, deixando o look mais descontraído.

Calça Social – Bruna dá aula de como ficar maravilhosa numa calça social!!! Nos dois looks o estilo clássico prevalecem bastante, o primeiro a blusa com transparência e no segundo com o conjuntinho de blazer + calça social.

Estampas – marca de feminilidade é uma estampa mais gracinha. Tanto num conjuntinho cropped + calça, como num macaquinho. Bruna sempre marca suas produções com um salto incrível.

Terceira peça – blazers com vestidinhos, jaquetas de couro, jaqueta bomber e até kimonos, as terceiras peças dão profundidade ao look, tornam ele mais interessante e pode tirar qualquer t-shirt do básico.

Deixo pra vocês admirarem os looks de red carpet de Bruna Marquezine que é hino atrás de hino! Ela está sempre bem elegante com maquiagem leve, no máximo um batom vermelho, que é bem clássico.

3e8ed95096f6847cd266781e1cefb969

Para finalizar, a pessoa que conseguiu juntar diversos trends no carnaval, como meia arrastão, transparência, body e pochete ❤

Então, o que acham do estilo da Bruna Marquezine? Querem mais inspireds com atrizes brasileiras?

Ou…

Eu sou indecisa. Ou era. Tudo que precisava de uma decisão minha, de imediata ou demorada, era sempre um grande sofrimento. Ou é. Desde coisas bobas à decisões que podem mudar minha vida pra sempre. Como que alguém teve a coragem de me perguntar aos 15 anos o que eu queria fazer pro resto da vida??? E se eu escolher medicina, e depois perceber que queria ser artista de circo? Se eu escolher direito e ficar entendiada nos tribunais? Acabei escolhendo jornalismo, até porque eu poderia trabalhar escrevendo, ou sendo repórter, ou sendo assessora de imprensa, ou passando fome.

Ir para uma praça de alimentação é o terror da minha vida. Alguém já percebeu que é apenas muita coisa pra cabeça e estômago de uma pessoa só? E quando você decide o restaurante, eles te dão um cardápio: COM MAIS MIL OPÇÕES POSSÍVEIS. Eu queria muito ser aquela pessoa que pensa “Ah, eu gosto disso, foi pedir isso sempre”, apenas não consigo, começo a enjoar, a pensar em outras possibilidades e nesse momento, já parei de falar de comida e passei para relacionamentos amorosos e amigáveis.

E se eu começar a namorar e não quiser mais no dia seguinte? Não vai mais afetar só a mim, como quando peço sorvete de chocolate e depois penso que queria de limão, vou estar mudando o percurso de outra pessoa. Eu ainda tomo decisões com “Salamê Minguê”, não me deem mais responsabilidades agora.

Eu tenho três opções de caminhos para a faculdade quando desço do ônibus, desde o momento em que entro no veículo, já vou pensando em qual dos caminhos vou pegar naquele dia. Eu entro numa crise sobre não saber qual vai ser melhor e mais rápido, então quando desço, vejo um possível aluno e sigo ele, assim ele decide qual caminho é melhor por mim.

Quando vou escutar uma música, apenas coloco no aleatório, porque nunca sei ao certo qual música eu quero escutar. Talvez meu celular me conheça melhor. Não consigo postar uma foto sem antes perguntar para as pessoas, e se elas ficam dividas, simplesmente piro e não posto nenhuma. Nunca me peça para escolher um filme na netflix, pois vamos apenas ficar olhando todas as opções e encher “minha lista” com mais 15 filmes.

Eu fiquei pensando num final que fosse surpreendente, que mandasse alguma mensagem, ou que fosse engraçado, ou que fosse triste, ou que deixasse você refletindo por mais uma semana. Porém, hoje estou num dos meus dias de crise e não posso decidir, imaginem um final que vocês gostariam, aposto que ele é bom. Ou não.

GIOH

Playlist #3

Eu tenho muita preguiça de fazer playlist, principalmente, porque eu sempre escuto os álbuns inteiros e não consigo decidir uma preferida e também por escutar músicas antigas que ninguém mais está escutando. Então, de vez em quando, eu tenho umas músicas variadas que tenho escutado bastante, e é isso que está acontecendo.

Eu nem lembro como descobri essa música, mas fiquei “GENTE O MENINO DA CULPA É DAS ESTRELAS CANTA MUITO”, depois descobri que ele era DJ antes, então, começou a apostar na carreira de cantor. A música é ótima, a voz dele é linda demais, merece um reconhecimento desse mundo, sim.

ANTI é um dos melhores álbuns dessa vida. Eu sei que já lançou há um tempo, mas agora que eu fiquei viciada e meu Deus, que música incrível!

AAAA ED SHEERAN! Outro álbum que é maravilhoso, aquele álbum que você escuta todinho sem pular uma música

PODE ENTRAR O MAIS NOVO HINO DA MINHA VIDA. Harry Styles sempre foi o que eu mais curtia da One Direction, sempre gostei demais do estilo dele (tem até post aqui no blog) e da voz. Acho incrível ver como é o estilo pessoal dos cantores, acho que por isso a banda não deu muito certo, é totalmente perceptível a diferença entre esse single do Harry com o do Zayn Malik, como Pillow Talk. Amém Styles Amém.

Então, qual música vocês têm escutado recentemente? Gostam de alguma dessas músicas?

Instagram  Lojinha de Chokers 

Inspired: Leigh-Anne Pinnock

Leigh-Anne é uma das integrantes da girlband Little Mix, onde todas são bem maravilhosas. Elas participaram do The X Factor quando a banda foi formada, donas de hits poderosos como Salute, Shout Out to My Ex, Touch e o último lançado No More Sad Songs. A banda é incrível e elas possuem uma sintonia linda bem perceptível nas suas músicas. Além disso tudo, todas têm um grande estilo, porém, a que mais me chamou atenção foi Leigh-Anne.

Terceira peça: jaqueta de couro, jeans, casacões, casaco de pelo e até blazers. A terceira peça dá mais profundidade ao look, como um look mais pensado e é ótimo combinado com croppeds, vestidinhos, saia longas ou jeans.

Decotes: para uma composição mais sexy, Leigh ama decotes profundos, tanto em vestidos de gala como em t-shirts básicas.

 

Jeans: Peça básica que todas têm e todas amam, Leigh leva o jeans desde o dia a dia com uma t-shirt branca básica até para um look balada com uma blusa de strass e decote divino.

 

Pode entrar rainha da transparência, sim.

305326d46bc2c7ccd0e7ecb03a1795af

Amo esse tipo de streetstyle, meio grunge com misturar de peças leves e pesadas. Leigh-Anne ama botas, coturnos ou botas divinas over the knee, sempre estão compondo seus looks.

O que vocês acham do estilo de Leigh-Anne? Qual estilo vocês querem conhecer melhor da banda Little Mix?

Instagram  Lojinha de Chokers 

 

 

2 Trends: Fishnet e Transparência

Inventado agora um nome bem criativo para quando eu quiser falar, brevemente, sobre duas tendências que andam rolando pelo street style da vida. Eu já estou quase cansando de tanto que vejo looks com essas tendências, mas não deixam de serem maravilhosas! Uma é Fishnets, no melhor português meia arrastão, aquela que cansamos de usar quando éramos bem novinhas e transparência que é algo que deixa o look poderosíssimo.

A amada dos anos 90 voltou e com algumas inovações, como usá-la por baixo de uma calça jeans destroyed, ou de cintura alta com um jeans/saia mais baixa. Fica lindo demais e deixa uma pegada bem grunge no look, amamos.

“Como deixar qualquer look poderoso e sexy em dois segundos” essa seria a fala da transparência, caso ela tivesse um canal no youtube. Vale usa com um strappy bra com a blusa transparente, ou com uma hot pant e a saia longa transparente. O tecido pode variar de renda para aqueles fininhos simples.

Então, o que acham dessas 2 trends? Usariam?

Instagram    Twitter     Lojinha      Snap: giovannafaria

 

 

Pinterest

Pinterest é um universo que quando você entra fica pensando “por quê a vida não é tão fácil como aqui?”. Muitas pessoas já conhecem a rede social, em que você pesquisa e se inspira em pessoas com postagens de diversos sites e blogs sobre quase todos os assuntos possíveis, geralmente, decoração, moda, beleza e afins. Conforme você vai olhando as matérias, as fotografias, os incríveis DIYs que prometem facilitar 99% da sua vida, você perde totalmente a noção do tempo. Quero mostrar algumas coisinhas que você sente quando começa a usar o site…

Isso é mais que certo, você vai querer mudar seu cabelo! É praticamente impossível entrar nesse site e não quero fazer alguma mudança no seu cabelo, são tantas inspirações maravilhosas, tantos cortes, estilos e cores, não dá pra não se apaixonar.

Você vai achar que consegue fazer algum dos DIYs, aliás, as fotos são tão explicadinhas e parecem tão fáceis… O segredo é que: QUEM CONSEGUE FAZER ESSAS COISAS NÃO É DESSE MUNDÃO QUE VIVEMOS NÃO, PORQUE NADA FICA IGUAL! Mas fiquem livres para tentarem ❤

Com tantos “Workout Plan” como não entrar em forma em duas semanas???? Já cheguei até a comprar mais roupas de academia, mas não consegui ir 3 dias seguidos, me contem como é ter força de vontade de ir uma semana inteira…

EU ACHO QUE É UM POUCO COMPLICADO METADE DA TELA TE MANDANDO PRA ACADEMIA E A OUTRA METADE JOGANDO NA SUA CARA ESSAS COMIDAS MARAVILHOSAS!!!!! SE DECIDA, PINTEREST, SE DECIDA

 

As inspirações de street style são INCRÍVEIS! Você vai pra ter uma inspiração legal, aí lembra que não tem nenhuma dessas roupas maravilhosas, e coloca qualquer short e blusa mesmo…

Enfim, o pinterest é um site de fotografias e inspirações sensacionais! Ainda tem app pra celular, estar sem sono e fica vendo isso tudo até 4 da manhã é bom demais, não ajuda a dormir, porque você só fica querendo ver mais fotos.