o que é feminismo?

tumblr_static_tumblr_static_8v0q2a7ipbgo8kg40kowgo4w4_640

A maioria das pessoas não sabem o que é feminismo. Um movimento social imenso e muitas pessoas ainda não sabem o que é, ou pelo menos, não entendem certamente. Já conversei com diversas pessoas sobre isso e o que mais escuto é “Ah, eu não sou feminista não, só acho que as mulheres deveriam ter os mesmos direitos que os homens”, então, uma novidade para você: isso é feminismo.

As mulheres têm medo de se denominarem feministas. É o medo da palavra, ou melhor dizendo, é o medo sobre o que os outros vão achar sobre essa palavra. Existem alguns tipos de opiniões que as mulheres possuem sobre isso. Primeiro, acham que o feminismo é só o radical, apenas aquelas que esfregam absorvente em banheiro, sem nem pensar que quem vai limpar é uma mulher mais pobre, o famoso falso feminismo. Segundo, não entendem o movimento, acham que é a versão feminina do machismo, um gênero sobre o outro, quando na verdade, feminismo é sobre igualdade. Terceiro, até entendem, mas não querem ser mal vistas pelos homens, esse para mim é o pior.

Quero desmentir alguns fatos que escuto e leio bastante. O feminismo não te obriga a deixar de se depilar, ou usar maquiagem, ou ser vaidosa, ele só luta para que mulheres tenham o direito de querer ou não ser assim, sem julgamentos. NÃO, O FEMINISMO NÃO ODEIA HOMENS! Parem com isso de que toda feminista odeia homens, somos contra o machismo, a acharem que o sexo masculino é superior. O movimento luta pela questão de escolha e direitos iguais.

Você pode ser uma dona de casa, que não trabalha, tem filhos, faz a janta do seu marido e ainda assim ser feminista, desde que isso seja uma escolha sua, que não esteja fazendo isso porque acha que é sua obrigação. Como você pode trabalhar fora, não ter filhos e nem marido, ser totalmente independente, são questões de escolha. Eu quero ter a escolha de ficar ou sair de casa, sem julgamentos, sem ódio, sem fazer nada por obrigação.

Todos precisam entender que o feminismo não quer forçar ninguém a nada, ele só quer dar o direito da escolha. Dentro do feminismo existem diversos “quadros”, específicos para cada mulher. Pois quando mulheres brancas estavam lutando para terem o direito de voto, as mulheres negras ainda lutavam para serem reconhecidas como cidadãs. Até hoje mulheres transexuais lutam para serem reconhecidas como mulheres. Ou seja, existem muitos subtítulos por trás o grande nome feminismo. Não julgue algo pelo extremo, todo movimento tem seu radical, entenda ele por completo para discutir sobre.

 

Como falei no texto, percebi que muitas pessoas ainda não entendem esse movimento, comentei sobre o básico, então, quero usar um espaço aqui no blog para falar mais sobre isso. O feminismo é muito extenso, sei que muitas pessoas possuem bastante dúvidas e quero tentar ajudar o máximo que posso. Quem tiver alguma dúvida, sugestão ou crítica (CONSTRUTIVA) podem deixar nos comentários, ou me mandar um email: zombiefashionsociety@gmail.com

-G.F

Advertisements

Inspired: Amandla Stenberg

tumblr_o2tfsdHfxE1tguoxuo1_500

Graças a Deus que eu estou vivendo na mesma época que Amandla Stenberg, pra poder apreciar a beleza dessa garota!!! Amandla ficou famosa quando interpretou a pequena Rue em Jogos Vorazes, se mantém na mídia por ser maravilhosa, feminista e empoderada. Ela está envolvida em diversos projetos de ativismo, como Partilhe nossa força e Criança Sem Fome. Deu uma entrevista sobre bissexualismo para a Teen Vogue:  “Como alguém que se identifica como uma mulher negra bissexual, eu já passei por isso. Machuca, é estranho e desconfortável. Mas vendo mulheres como Solange e Willow, percebi que não há necessidade de mudar”. 

Enfim, é impossível não se apaixonar por ela, eu poderia ficar o dia inteiro falando do quão incrível essa garota é. Muitas vezes eu fico puta por pensar que tem muito famoso babaca por aí, até que aparece umas pessoas que não poderiam ser melhores, Amandla é, sem dúvidas, uma delas. Agora, vamos um pouco ao estilo da Stenberg

Anos 70. Isso já resume grande parte do estilo de Amandla. Muita cor, comprimentos midis, peças oversized e nenhum medo de ousar nas peças mais extrovertidas. EU NÃO CONSIGO, ELA É LINDA DEMAIS!!!!!!!

Para roubar os looks dela vocês vão precisar de calça flare, jaquetas jeans, blusas coloridas, mix de estampas e muita atitude para usar isso tudo.

Eu estou muito feliz por estar trazendo uma pessoa que traz inspiração da moda e da vida! Amandla entende perfeitamente o sentido da moda e sabe o poder da sua voz, coisas que faltam bastante em muitos artistas que “amamos”.

O que vocês acham da Amandla Stenberg? Quem mais querem ver aqui?

Instagram    Twitter     Lojinha      Snap: giovannafaria

Da luta.

Eu sou bela quando acabo de acordar; depois de uma corrida; no estádio durante uma partida de futebol; quando passo batom vermelho, ou quando escolho sair sem pentear o cabelo; Ela é bela quando busca a pé os filhos na escola; quando passa o dia no trabalho; quando sai de casa sem medo de proteger os filhos. Somos belas a qualquer momento, com qualquer luz, com qualquer suor, com qualquer manequim ou etnia.

Eu sou recatada quando tiro fotos de biquíni, ou com a família; Quando uso shorts num dia de calor; Quando prefiro sair numa sexta à noite do que ficar em casa; Ela é recatada quando precisava chegar em casa tarde da noite após um dia de trabalho; Quando quer sair com as amigas; Ou quando escolhe sair com a família na tarde de um domingo; Somos recatadas como quisermos, de dia ou de noite. Podemos fazer o que bem entendermos, em nenhum momento pedimos opinião sobre o que é adequado ou não. Se quisermos usar aquela roupa, vamos usar. Se quisermos sair de madrugada, vamos sair.

E eu sou do lar. Ela é do lar. Mas também somos do lar dele, ou dela. E do mundo. De onde bem entendermos. De onde nos encaixarmos. Isso nunca vai te dar o direito de julgar se somos “boa” mulher ou não. Somos de todos os lugares. Somos da igualdade de direito. Somos da luta.

Essa luta não é contra as donas de casas e mães. Não é errado você querer ser assim, como também não é errado você não querer ser assim. Vamos entender o feminismo. Não é a revista Veja que vai nos dizer qual é o certo do nosso cotidiano, dos nossos atos. Lutamos pelo direito da escolha. Lutamos por todas as mulheres. Do lar, do bar, da vida.

-G.F

Ana e Marcos

Meu nome é Ana, e eu sou a favor do feminismo, porque desde criança escuto a famosa frase “você não pode porque é mulher”. Eu não podia brincar na rua, porque eu ia ralar meu joelho, e isso não é coisa de mocinha. Eu não podia correr nas festinhas, porque eu estava usando saia, e isso não é coisa que menina pode fazer. Eu não podia jogar futebol com meu irmão, ou jogar videogame, porque essas coisas são brincadeiras de menino.

Nos dias de hoje, eu continuo escutando muita coisa do tipo, só que o nível aumentou. Eu não posso fazer tanta coisa sem ser julgada de puta ou piranha, sem ninguém dizer que é falta de rola… Mas o Marcos pode, Marcos trabalha comigo, e vejo bastante privilégio em ter um orgão genital masculino.

Quando eu era pequena, minha mãe disse que eu teria que tomar cuidado com os garotos, porque você sabe, garotos agem por impulso, eles não têm responsabilidade, então é melhor eu prevenir tudo isso. Entretanto, quando Marcos era pequeno, ninguém disse a ele que devia respeitar a mulher e sua opinião, seu pai disse que era pra pegar todas e aproveitar o máximo.

Eu não posso querer encher a cara numa sexta a noite, não posso falar de masturbação livremente, não posso voltar tarde de uma festa, Marcos pode, ele pode isso tudo, porque ele é homem.

Quando Marcos foi promovido na mesma empresa que eu trabalho, todos o elogiaram, e disseram que ele é muito talentoso. Porém, quando eu fui promovida no mês anterior, todos olharam torto para mim, e disseram que eu deveria ter dado algum “agrado” ao meu chefe. Quando Marcos pegou um táxi sozinho de madrugada, e o taxista falou que ia pegar um outro caminho devido ao engarrafamento, Marcos ficou puto, porque pensou que ele só estava fazendo isso para pegar mais dinheiro. Quando isso aconteceu comigo, eu estava apavorada com medo de ser estuprada no meio de qualquer mato por aí.

Quando Marcos fez um mochilão pela América do Sul com seu amigo, todos falaram que ele tinha um espírito aventureiro, e que devia seguir em frente. Quando eu comentei que queria viajar com uma amiga, todos ficaram espantados e me perguntaram como eu tinha coragem de viajar assim nessa violência “sozinha“.

Quando Marcos engravidou a namorada, ele disse que não tinha tempo na vida dele para criança, e não poderia estragar sua carreira assim, ele abandonou seu filho, ninguém falou nada. Quando eu tive uma gravidez inesperada, e comentei que pensava em aborto, todos me crucificaram, e me chamaram de monstro por querer tirar a vida de uma criança. Por que ninguém perguntou ao Marcos como ele tinha coragem de abandonar o filho?

Por que Marcos teve tantos privilégios e liberdade desde criança em sua vida?  Será mesmo que um pênis faz tanta diferença assim?? Não entendo essas diferenças desde que sou pequena, nunca vi tanta diferença assim entre eu e Marcos. Somos dois seres humanos, que gostamos de curtir a vida, que gostamos de liberdade e respeito. Acho que a sociedade não nos enxerga assim não.

-G.F

Feliz dia do Mimimi #NãoQueroFlores

DEGENERADAS_imagem_impr

“Feliz dia internacional da mulher” me disse o cara que bateu na sua eposa. O cara que abusou de uma adolescente. O cara que se sente no direito de assediar uma mulher por ela estar usando um short. O cara que falou “essa mulher é pra casar” querendo desmerecer outras mulheres apenas por irem a festas e beberem. O cara que buzina e grita gostosa ao meio dia de uma segunda-feira para uma mulher que só quer chegar no trabalho. O cara que agrediu uma trans na madrugada passada. Que grande ironia.

Durante 364 dias do ano, sofremos assédio, violência, misoginia, sexismo, e no dia 8 de março nos trazem flores. Devem achar que essas flores vão trazer nossos direitos e respeito, ou que vá curar todas as cicatrizes que nos fizeram. Devem achar que vamos mais uma vez dizer “obrigada” junto com um sorriso e engolir toda a merda que fazem durante o resto do ano.

Para você que fala que o feminismo não é necessário, tente explicar isso para a dona de casa que apanha todo dia do marido bêbado. Ou para a criança de 12 anos que estava brincando na rua e foi estuprada. Ou para a mulher que tem o mesmo cargo na empresa e ainda ganha menos. Ou para a jovem que engravidou do namorado, e não pode abortar, mas ele pode sumir e largar a criança com ela. Ou para a trans que sofre ouvindo que não é mulher, que apanha, e que precisa de “cura trans”.

“Fazem tudo isso pra usar um short mais curto” “Tudo puta” “Não tem homem em casa para por na linha” “Sofremos com o feminismo”. Amigo, você não faz ideia do quanto essa luta é extensa, acredite não é por um short, é pela liberdade, pelo respeito. Feliz dia internacional do mimimi.

-Giovanna Faria

#3 Últimos filmes que assisti…

cewqowyvaaam6xc-jpg-large

Mad Max: Estrada da Fúria 

Eu estava MUITO ansiosa para assistir esse filme, ainda tinha vagas lembranças da antiga trilogia porque meu pai sempre assistia. Gostei de tudo nesse filme, a história tem uma mensagem incrível, e eu amo carros e explosões, então, um dos melhores filmes para mim hahaha A história se passa num mundo pós-apocalíptico, Max é capturado logo no início pelo clã de Immortan Joe, onde é usado como Bolsa de Sangue de um dos seguidores e corredores, logo após ele é obrigado a se juntar na perseguição contra a traidora e rainha e poderosa e lacradora e mais fodástica do mundo Imperatriz Furiosa, que está tentando salvar 5 mulheres que eram escravas sexuais do Immortan Joe. O que eu mais gostei do filme foi que a Furiosa não estava fazendo isso apenas para salvá-las porque são mulheres, mas porque são seres humanos e têm o direito de liberdade, e o filme deixou isso bem claro. Muitos reclamaram dizendo que foi uma grande apelação para mostrar o poder feminino e que queriam pisar na masculinidade e blá blá blá, algo que não aconteceu, já que em todo o momento elas carregaram dois homens com elas. E sinceramente, é bom mesmo ter mulheres como principais em filmes importantes e famosos como esse, não como elas são retratadas normalmente, como algo sexual indefeso, até as 5 mulheres que estavam sendo salvas foram muito importante para que tudo desse certo no final, não teve essa de mulher indefesa esperando sentada para ser salva e dar um beijo romântico no final. Então, se você é um machista escroto que se incomoda tanto com isso, não queria xingar aqui, porém, foda-se. O filme lacrou e lacrou muito! Furiosa rainha ❤

A Entrevista

images

James Franco e Seth Rogers num filme falando sobre o comunismo da Coréia do Norte: polêmica. O filme teve até ameaça terrorista, a Sony tinha até se pronunciado avisando que o filme não seria mais exibido, porém, acabou sendo exibido. O filme conta a história de Aaron Rapoport que é o produtor do talk show de Dave Skylark, onde ganha fama com entrevistas de famosos. Cansado de fazer apenas esses tipos de entrevistas, Aaron vê a chance de mudar sua vida com uma entrevista com o temido líder supremo da Coréia do Norte, Kim Jong-un, um grande fã do programa de Skylark. Quando a CIA descobre isso, vê a sua chance de assassinar o ditador recrutando os dois para uma missão. O filme é muuuito engraçado, força um pouco nos xingamentos, mas comédia normalmente é assim mesmo, a sintonia dos amigos Franco e Rogers é muito perceptível, os diálogos absurdos e situações totalmente fora do comum chamam muita atenção. O filme ainda tem algumas referências nerds com Senhor dos Anéis e The Big Bang Theory, também conta com uma pequena participação de Eminem. Na minha opinião, o filme nem foi tão polêmico como eles falaram, o que demostra no filme é o que todos sabemos, que a Coréia do Norte é comandada por um ditador que isola a sociedade para seu próprio engrandecimento e deixa muitas pessoas passarem fome para viver com total conforto.

Sobrenatural: A Origem

poster-sobrenatural-origem

O terceiro filme de Sobrenatural é incrível! Adoro filmes de terror, e já tinha gostado bastante dos outros dois, não achei que ele explica muita coisa, já que o título é “A Origem”, tem apenas pequenas partes que sincronizam com as sequências. Entretanto, gostei MUITO do filme em si, a história é legal, e sinceramente, nunca vi um personagem se ferrar tanto quanto essa garota, e tudo muito rápido, não tem aquela coisa de passar uma história gigante para depois começar o “terror”. O filme é do começo ao fim com suspense e cenas de terror. A história fala sobre uma menina que perdeu a mãe, mas ainda tentava falar com ela, porém, “quando você chama por um espírito, todos eles podem ouvir”, logo, um espírito maligno fica preso à ela, e muuuitas coisas começam a acontecer. Não vou ficar falando muito, daqui a pouco contei tudo o que aconteceu com ela e perde a graça hahaha

Então, já assistiram algum desses filmes ? Gostam mais de qual ?

Me sigam nas redes sociais!

Twitter      Instagram      FanPage

The Atlas of Beauty

A sociedade impõe tanto um modelo perfeito à ser seguido por todas as mulheres, precisam ser magras, altas, loiras e de olhos azuis, se não tiverem essas características não são consideradas bonitas. Nesse tempo, o mundo perde toda a beleza natural das mulheres, esquecem dos sorrisos verdadeiros, dos cabelos naturais, do olhar apaixonado, tudo isso é perdido. Sem falar, na beleza natural das culturas. Cada mulher de cada canto do planeta é diferente da outra, e é incrível poder perceber como todas são tão belas sem a necessidade do modelo perfeito. Cansada disso tudo, a fotógrafa romena, Mihaela Noroc, iniciou um projeto bem simples, viajar pelo mundo captando toda a beleza de mulheres de diversas culturas, e criar o projeto The Atlas of Beauty. Em seu site, ela disponibiliza todas as fotos, confiram alguns dos belos retrados tirado por Mihaela:

Brasil

amazônia brasil

Chile 

chile 2

Chile

chile

China

china

Colômbia

colômbia

Brasil

brasil

Cuba

cuba 2

Etiópia

etiópia

Finlândia

Finlândia

Irã

irã 2

Irã

Irã

Letônia

letônia

Myanmar

myanmar 2

Estados Unidos 

USA

 Myanmar

myanmar

Peru

peru

Romênia

romênia

Singapura

singapura

Tailândia

tailândia

Reino Unido 

UK

Estados Unidos

USA 2

Etiópia

etiópia 2

Cuba

CUBA

Uma grande inspiração para muitas meninas e mulheres que sofrem com a pressão da sociedade de perfeição. Não existe perfeição, cada um é belo de sua forma, ninguém é igual a ninguém. Você é única, e você é linda!

O que acharam do projeto da Mihaela ? Gostam de posts assim ?

Fight Like a Girl

flag1 flag2

Sinceramente, estou cansada de esteriótipos. Estou cansada do machismo. Estou cansada de mulher ser o sexo frágil. Estou cansada de insultos como “Você luta como uma garota”, essa pessoa não conhece a Ronda, não é mesmo ?? Por que fazer algo como uma garota é um insulto ? A sociedade é tão machista que nem percebem quando agem assim. Não se sinta inferior quando alguém falar que você faz algo como uma garota, pois isso é algo para se orgulhar!

Estando cansada dos meus problemas, a ilustradora Kaol Porfírio, criou essa campanha “Fight Like a Girl”, onde ela desenha grandes personalidades femininas da ficção, mostrando que a mulher, definitivamente, não é o sexo frágil!

11001743_949657135067544_1745482574495688606_n

Quem mais corajosa do que Mulan que foi em nome de seu pai para o exercito lutar pelo seu país ? Quem mais inspiradora que Katniss, que se tornou um tordo de uma grande revolução ? Quem mais forte que Arya, que viu sua família ser destruída, e mesmo tão nova continua lutando em honra aos Starks ? Quem mais inteligente que Hermione, que sem ela, Harry e Ron estariam arruinados e Hogwarts nas mãos de Você-Sabe-Quem ???

10982489_944363112263613_2727730510954327101_n

Dá próxima vez que ouvir alguém falando como insulto “Você luta como uma garota”, “Você corre como uma garota”, “Você sei lá o que como uma garota”, tenha orgulho! Em nome de todas essas inspirações fictícias, e em nome de milhares e milhares de mulheres que precisam lutar todos os dias contra preconceitos, julgamentos, injustiças, e ainda assim continua firme e forte. O feminismo não é contra os homens, e sim contra as injustiças da sociedade.

11024207_956304334402824_976203053543832798_n

Você, mulher, é forte, independente do que digam! Seja você mesma, e não o que esperam que você seja!

Fan Page da Kaol Porfírio

Minha Fan Page 

Meu Instagram

Meu Twitter